segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Escola incentiva alunos a defenderem a Mata Atlântica e toda a biodiversidade

Os simpáticos estudantes do Colégio Global, de São Bento do Sul (SC), sendo recepcionados na sede da RPPN Santuário Rã-bugio.

Tivemos a honra de receber na RPPN Santuário Rã-bugio os simpáticos alunos da 6ª. e 7ª. Séries do COLÉGIO GLOBAL, de São Bento Sul (SC), uma tradicional escola com 22 anos de existência. A viagem de estudos foi organizada pelo coordenador de ensino, Fábio Zwifka.

Dá para ter idéia do excelente nível de qualidade do ensino desta instituição constatando o interesse em ensinar para seus alunos o que temos de mais importante em nossas vidas, que é a preservação da Mata Atlântica, ou seja, dos ambientes naturais do lugar onde vivemos. Eles fizeram, com muito prazer, uma viagem de 60 km, descendo a Serra do Mar, para chegar à RPPN Santuário Rã-bugio, em Guaramirim (SC).

Estudantes na trilha interpretativa da RPPN Santuário Rã-bugio interagindo com a natureza sob orientação da monitora Valéria Weiss Greco

A professora de geografia utilizou em sala de aula as nossas cartilhas que foram distribuídas aos alunos sobre a Mata Atlântica e a riqueza da biodiversidade para desenvolver uma campanha para seus alunos valorizarem a biodiversidade local, bem como as áreas remanescentes de Mata Atlântica do município de São Bento do Sul.

Ações como estas contribuem para melhorar o desempenho dos estudantes em todas as áreas de conhecimentos, segundo estudos de especialistas. Estes estudantes do Colégio Global estão no caminho certo de um futuro promissor em suas vidas. Certamente, serão profissionais de sucesso nas diferentes carreiras que seguirem.

Estudantes do Colégio Global em atividade na trilha interpretativa

Eu, Germano Woehl Junior, tenho uma admiração muito especial por São Bento do Sul e toda sua gente. Meu bisavô, Gregor Wöhl, vindo da Áustria, foi um dos fundadores da cidade e eu morei lá, em 1978, onde estudei no Colégio Estadual São Bento, concluindo o ensino médio que se chamava de científico naquela época. Além disso, uma boa parte das fotos de anfíbios foi tirada nos banhados e riachos preservados deste município.

Nenhum comentário: